Hey, man!

Esteja sempre atento...afinal: "Nós vamos ceifar você"
Atenciosamente: SoD


11 de jun de 2010

Fullmetal Alchemist: Final Chapter

Nunca cheguei a escrever sobre o mangá ou o anime. Mas depois de anos acompanhando essa séries, que agora chega ao fim, me sinto obrigado a fazer um post dedicado à uma das melhores séries já publicadas:
Fullmetal Alchemist!


Comecei a acompanhar a série ainda no seu início, em meados de 2007 (eu acho!). Vi uma reportagem no site Herói, onde tinha uma imagem do Partor Cornélio com o braço transmutado em uma arma. Já pensei que seria um anime de tiro, tipo Trigun, mas ao ver o primeiro episódio, e vendo a cena macabra da transmutação humana, eu pirei e viciei na série.

Acompanhei o anime até o fim, e também o filme, com um final que deixou aquele gostinho de quero mais. E descobri que o mangá segue uma história diferente. Pirei pela segunda vez e comecei a lê-lo na net, e comprá-lo pela JBC. Mas como a editora brazuca tá atrás dos scanlators, li boa parte antes na net. E estava louco para ver o final. E ele veio essa semana. Magnífico, nada menos do que podemos esperar da autora, Hiromu Arakawa, que me surpreendeu desde o começo, com mortes de personagens que eu adorava e curtia. Com o final se aproximando, muitas coisas "absurdas" aconteceram, mas sempre com um motivo e bem explicadas. A narrativa é fantástica e fiquei animado em acompanhar alguma outra série dela.

Contém spoilers:
Mas vamos ao final. Algo que eu nem imaginava que aconteceria. Depois de me surpreender com o Roy perder a visão, Ed toma uma surra do "Pai", e Al se sacrifica para trazer de volta o braço do irmão, que detona o homunculus original. O homunculus volta ao portão e encontra "Deus", que o manda de volta para dentro do portão.
Ao ver o irmão morto, Ed se pergunta como traze-lo, e o Hoemhein se oferece a ser o sacrifício para trazê-lo de volta, mas Ed diz que Al não gostaria de saber que foi usado uma pessoa para ser trazido de volta. Então Ed sacrifica algo muito maior para trazer o seu irmãozinho de volta: O seu poder de alquimia.
Dois anos se passam, e os dois decidem viajar pelo mundo e aprender novas coisas para poder salvar mais pessoas. Ed vai para o oeste sozinho, e Al vai com duas quimeras para o Leste, para Xing, aprender as técnicas de lá.

Deixo agora a imagem final do mangá:

Nenhum comentário: